Irresponsabilidade

Turismo


Um fato lamentável aconteceu no último final de semana, nas montanhas de Domingos Martins, que vem sendo o centro das atrações para quem quer curtir uma temperatura amena, num lugar de rara beleza.
O arquiteto AUGUSTO PACHECO e um grupo, totalizando 12 pessoas, fez um dia antes, daqui de Vitória, a reserva no restaurante PASSARIN para o horário de 15 horas. Ali, fariam a comemoração do aniversário de um dos componentes do grupo. Chegaram às 14h45, ou seja, 15 minutos antes, dirigiram-se ao balcão de atendimento, se identificaram e a pessoa foi taxativa: “A casa está lotada, não podemos fazer nada!”  
Evidente que criou um clima de revolta diante do péssimo atendimento. Afinal, havia uma reserva e poderiam, no mínimo, pedir desculpas, oferecer um aperitivo enquanto aguardavam. Mas não, se limitaram a dizer NÃO
e ponto final. É o que falo, assim não se faz turismo. É preciso que aprendam a importância de valorizar e RESPEITAR os clientes. Portanto, neste restaurante, não confie em reservas, você poderá ter grande aborrecimento.

COMPARTILHE:


Faça seu login e comente essa matéria