O drama na noite

Social

Raríssimas vezes saímos à noite para bares e restaurantes. Ontem, fui apenas com a família numa pizzaria da Praia do Canto para comemorar o nosso aniversário e fiquei assustado. Como a casa tem janelas de vidro, dando para a rua, por diversas vezes fomos assediados por pessoas que vivem nelas. Em determinado momento, resolvi doar salgados que comíamos para um deles. Peguei uns seis, enrolei no guardanapo e entreguei. Minutos depois, o pedinte voltou e disse:
- Senhor, isso está estragado! Se eu comer, vou passar mal!
Éramos em sete pessoas, doei o que comíamos e ninguém sentiu nenhuma irregularidade. A nossa neta, conosco na mesa, disse que no Triângulo das Bermudas são tantos que não dá nem vontade de sair. Resumo da Ópera: além de ser desagradável ver que as ruas estão lotadas de sem teto e os órgãos públicos que deveriam agir lavam as mãos, você ainda pode se comover, doar e se aborrecer com um mal-agradecido, que deixou bem claro que queria era ganhar dinheiro.

COMPARTILHE:




Faça seu login e comente essa matéria