CLASS

 


   
  Esqueci minha senha | Ainda não sou assinante    

CLASS/MATéRIA

EMOÇÕES NA FESTA DE JUNGER

Não resta a menor dúvida que onde existe AMOR, existe EMOÇÃO. E foi assim que, diante de um cenário deslumbrante, assinado por ANA MARIA COELHO, vimos a família SAADI JUNGER comemo­rar os 80 anos de seu patriarca, FRANCISCO.
Foi lindo demais ver os depoimentos dos filhos FRANCIS e FABIO, com vozes embargadas, dizendo da alegria e do orgulho de seus ensinamentos como pai. E quem resiste ver os netos vencerem a timidez e subirem num palco para declarar seu amor? A essa altura, não só a família, mas os amigos que admiram esse senti­mento de amor familiar se comoveram.
CHRISTIANNE TOMMASI também fez o seu depoimento e entrou no clima da emoção, lembrando da adolescência e da forte pre­sença que o “Tio Francisco” teve em sua vida. Isso foi apenas o começo da festa lindíssima que KAFINHA SAA­DI JUNGER levou meses colocando o seu carinho, amor e dedi­cação para festejar o seu marido e compartilhar com amigos. Ali se confirmava um provérbio que diz: “Entre razões e emoções, o que importa é valer a pena.” E como valeu!
A MÚSICA EM DESTAQUE - Quando chegamos, a queri­da SONIA SAADI arrasava no teclado tocando uma seleção de músicas inesquecíveis. Logo depois, entrou LÍCIA LEAL SANTOS, com sua voz belíssima e interpre­tação irretocável de “DIO COMO TI AMO”. E comple­mentou o repertório cantando em francês “NON, JE ME REGRETTE”. Tive vontade de aplaudir de pé, ela e Sonia.
Após todas as homenagens recebidas, o conjunto de VINÍCIUS HERKENHOFF assumiu o comando para uma apresentação especial de DINE CERUTTI e ANDREZINHO CASTRO, o bom samba tradicional brasileiro. De­pois, a pista lotou com a predominância de músicas para dança de salão.
FLORES E FRUTAS NA DÉCOR – A escolha de frutas e flores para a decoração não poderia ser mais feliz. Um almoço, para comemorar um niver de um senhor, tinha que ser. E ANA COELHO sabe destes pequenos deta-lhes que fazem a diferença. Todas as paredes escuras, mas na maior, no fundo, em toda a sua extensão, um mapping mostrando um espetacular jardim onde tulipas, lírios, rosas e muito verde ganhavam vida com voos de borboletas, dando uma visão quase real de um jardim palaciano, assinado pelo Wave Grupo.
Foram mais de 295 quilos de frutas misturadas com astromélias, gloriosa, amarantos, sementes de eucalip­to, eucalipto e três tons de rosa, amarela, vermelha e rosa. O efeito era belíssimo! Vale destacar o gazebo que abrigava um buffet da gastronomia árabe de NAJLA CARONE. Ali, uma profusão de folhagens e 100 caixas de uvas chamava a atenção pela beleza, mas também pelas delícias oferecidas. Tudo de comer de joelhos.
A GASTRONOMIA E DOCES – Pense num festival de gas­tronomia de alto padrão. Pensou? Foi mais do que isso. Além do coquetel variado, às 15 horas, em ponto, o buf­fet foi liberado e tinha, entre outras delícias, Filé Mignon ao Molho Malbec com Lâminas de Champignon, Dentão Assado com Aspargos e Batatas, Farofa Crocante de Ca­marão e Banana, Raviolli com Queijo Brie, Figo e Parma.
E, no volante, mais pratos como o Risoto de Funghi Sec­ci, Camarão Sunset, Tilápia Grelhada com Mousseline de Batata Baroa e Salmão com Musseline de Batata Doce Roxa ao Molho Pesto. Um banquete dos deuses. Quem ainda quisesse, duas mesas de doces: uma só de espe­cialidades árabes e outras com maravilhas tradicionais, onde reinava o imbatível quindim, claro, tudo de NAJLA CARONE. O bolo também era dela.
Os 300 convidados saíram aplaudindo a tarde inesquecível. Enfim, um escrete de profissionais que garantem o sucesso de qualquer evento. Fotos de Roberta Sousa/ NOROCK, que assinou as Fotos ao Vivo.



« VOLTAR

Deixe seu comentário