CLASS

 


   
  Esqueci minha senha | Ainda não sou assinante    

CLASS/MATéRIA

SAVOIR-VIVRE

A arte de receber vai além, muito além, de oferecer bons vinhos e um cardápio de iguarias raras. Antes disso, é preciso naturalidade, ca­rinho e uma dose de descontração para que os convidados se sintam à vontade para circular, conversar, como na sua própria casa. O arqui­teto Sérgio Paulo Rabello consegue isso sem fazer o mínimo esforço. Em sua maravilhosa residência em Ma­rechal Floriano, sentimos tudo isso e muito mais.
A casa abriga um acervo de peças maravilhosas trazidas em contêineres do mundo inteiro por onde passou. Para quem, como eu, é apaixonado por peças, ali é um autêntico museu SÉRGIO PAULO RA­BELLO. E que museu! São peças vindas da Índia, Egito (meu Deus, que cavalos de carrossel são aque­les!); mas, têm também talheres extraordinários e personalizados e móveis de um antiquário em Jaca­repaguá (Rio) que ele comprou to­das as peças, obrigando o dono a recomeçar. Porque quem tem bom gosto e sabe comprar, pode encon­trar maravilhas em qualquer lugar. É uma questão de conhecer, de sensibilidade, de bom gosto. E isso sobra nele.
No final de semana que passamos por lá, descobrimos um pouco mais sobre ele: Sérgio, além de divertido, de sofisticado, é também um perfei­to dono de casa e para o seu recan­to só leva o melhor do melhor. Não bastasse tudo isso, ainda domina a gastronomia, fazendo pratos sim­ples e deliciosos. Quem tem amigos assim, só precisa cuidar, ser grato a Deus e retribuir à altura. Porque isso é cada vez mais raro. Obrigado Sérgio Paulo por todo esse carinho que já ultrapassa décadas. Obriga­do!!! Obrigado!!! Obrigado!!!

 



« VOLTAR

Deixe seu comentário