CLASS

 


   
  Esqueci minha senha | Ainda não sou assinante    

CLASS/TORPEDO

08/08/2018 16:30 pm

LINHAS MALDITAS

- A querida e competente arquiteta Liliam Araujo já há alguns anos é convidada para dar palestras em todo o Brasil. O tema sempre é as novas maneiras introduzidas na construção civil para o maior aproveitamento de tudo que não traga prejuízos à natureza, garantindo o conforto e a durabilidade do imóvel. Agora, ela e uma equipe multidisciplinar acabam de criar um software batizado de AFAZER que tem por finalidade fazer a gestão de manutenção e reforma predial, conectando os diversos setores da construção civil com os sistemas prediais.
Ali, os clientes também terão a Elaboração de Manuais de Uso e Manutenção das Edificações em conformidade com as normas ABNT NBR 14037. O AFAZER está sendo lançado na feira Expo Construções, em Carapina. O trabalho está à disposição de construtoras de todo o Brasil. Foram três anos de estudos profundos e com certeza será um grande sucesso. Fotos

- Do Macaco Simão: “Marina Silva e Eduardo Jorge são CHAPADOS. Marina defende o verde, Eduardo fuma o verde!” Quá… Quá… Quá…

- Não existe nada mais ingrato que tecidos listrados para senhoras obesas. Elas viram o infinito. Quá… Quá… Quá…

- Neste sábado, todas as concessionárias da Vitoriawagen oferecerão um delicioso breakfast para comemorar o Dia dos Pais e para que eles possam ver de perto o carro sensação da marca Volkswagen, o TIGUAN ALLSPACE, a partir das 9 horas da manhã.

- Os filhos afortunados podem ir lá e surpreender seus pais. Eles merecem!

- A partir do dia 16, a campanha eleitoral está liberada. Mas, nos rádios e televisão só poderemos nos divertir a partir do dia 31.

- Tem comentarista político afirmando que muitos dos eleitos que tentarão a reeleição não pretendem ir às ruas com medo de levar porrada. Pois eu acho que a PORRADA mesmo eles devem receber quando as urnas forem apuradas. Quá… Quá… Quá…

- “Sonhar um sonho impossível, negar quando é fácil ceder, é minha lei, minha questão, ganhar este mundo, cravar este chão!”

- Pouca gente sabe: quando a Rainha Elizabeth esteve no Brasil em 1968, o então Embaixador do Brasil em Londres era Assis Chateaubriand – que a presenteou com um jogo de colar, brincos e pulseira com águas marinhas daqui do Espírito Santo. As joias foram usadas recentemente pela Rainha numa recepção oferecida ao Rei Felipe, da Espanha, no Palácio de Buckingham. Ontem, uma réplica do conjunto foi leiloada no Rio de Janeiro (foto).

- Dia 5 de outubro, praticamente às vésperas das eleições, comemoraremos nos salões do Itamaraty Hall os 26 anos da revista CLASS reunindo o melhor da high capixaba. A NUIT DE GLAMOUR CLASS reviverá os anos em que a elegância e a chiqueria invadiam os salões para a melhor convivência social. Hoje, estive pela manhã em reunião com o craque Cássio Domingues discutindo o projeto de decoração. Vocês sabem, festa com o padrão CLASS sempre traz inovações no quesito decoração.

 

“A ARTE DE ESCUTAR É COMO UMA LUZ QUE DISSIPA A ESCURIDÃO DA IGNORÂNCIA.”

 

- E já que a noite será para relembrar os bons tempos, terá animação da ORQUESTRA DOM AMÉRICO, que há quase 30 anos, quando ainda nem existia a CLASS, mas eu já fazia festas, trouxemos ele para uma apresentação aqui no extinto Cerimonial Itamaraty. É simplesmente fantástica e leva todos para a pista. Uma noite para usar joias, o melhor perfume, investir na produção, degustar um banquete, beber o melhor com moderação e depois brilhar nas páginas da revista mais lida do Espírito Santo.

- E o João Dória, hem? Apareceu como um relâmpago, com pinta de que seria o “Salvador da Pátria”, mas se perdeu depois da vitória como prefeito de São Paulo. Não adiantou varrer ruas, palestras onde sempre falava de sua fortuna. Está mais por baixo que bunda de cobra. Quá… Quá… Quá…

- Tem gente que há décadas aparece como candidato a vereador, a deputado e não consegue mais que uma centena de votos. Será que é só para aparecer na TV, ou para se tornar conhecido? Eu hem…

- Lembra da Thereza Collor de Mello? Aquela que como cunhada do então presidente Fernando Collor jogou merda no ventilador e contou as intimidades de sua traição. Pois bem, ela também reapareceu como candidata a deputada federal por São Paulo. O Collor é candidato a governador de Alagoas. A política no Brasil virou um saco de lixo!

- Se BOLSONARO só tem um minuto na TV, acho que criará frases de efeito tipo Enéias. Talvez: “NÃO GOSTO DE VIADO!”, “VAMOS APLICAR A TORTURA.”, “AFRODESCENDENTE NÃO SERVE NEM PARA PROCRIADOR.” Tudo que ele vem falando desde que se lançou candidato.

- Inacreditável! Consta que o Governo do Estado do Espírito Santo, comandado pelo IMPERADOR Paulo Hartung, em 2017 fez um investimento mísero de R$ 268,14. Não está errado não, exatamente duzentos e sessenta e oito reais e catorze centavos. Segundo o Portal da Transparência, todas as aquisições de armas, coletes, computadores, foram feitos pelo FUNREPOCCI – Fundo Especial de Reequipamento da Polícia Civil.

- Enquanto isso, as Delegacias estão em situação precária para funcionar de maneira decente. Isso justifica a birra que os órgãos públicos de Segurança mantêm com o IMPERADOR.

- Amanhã, às 19 hora, na Biblioteca Pública do Espírito Santo, o jornalista Álvaro José  Silva autografará o seu livro A BISA UBALDA. Sucesso, é o que desejamos.

- Os fãs do ABBA, mesmo sabendo que parte do conjunto que se apresenta no Brasil não faz parte do original, estão desolados com o cancelamento da apresentação aqui na Ilha no sábado próximo. Há quem diga que não conseguiram a venda esperada de ingressos, que estavam sendo oferecidos por R$ 400; mas tinham pessoas, não se sabe por qual razão, adquirindo para amigos por R$ 200. Isso não funciona. Os preços podem ter desconto sim, mas não em caso de “panelinha”. Cada um faz como quer, mas a partir do momento que é descoberto, as pessoas acabam chateadas. O correto seria criar um valor para quem comprasse mais de 10 ou 20 e deixar o valor normal no caso de adquirir apenas um. A crise está fazendo as pessoas pensarem. Pode até não ter sido isso, mas, sem patrocínios, uma publicidade quase zero e o valor, de um modo geral, contribuíram para o cancelamento. Hoje, uma festa com coquetel, jantar e bebidas all inclusive na faixa de R$ 300 as pessoas pensam, imaginam, fazem conta, imagina simplesmente para ver um show?

- “Sonhar um sonho impossível, negar quando é fácil ceder, é minha lei, minha questão, ganhar esse mundo, cravar este chão!”

- Por hoje chega. Amanhã, entregaremos mais uma edição CLASS. Por sinal, cheia de reportagens maravilhosas. Chiqueria pura mesmo!!! São quase 26 anos de periodicidade comprovada. Muito trabalho que resultou em credibilidade. E só temos que agradecer à high capixaba que sempre nos apoiou. Se você não é assinante, solicite pelo anuncio@revistaclass.com.br. Garanta o seu exemplar.

- Fuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuuiiii!!! Mas volto, pode chover canivete, facão, o escambau. Beijos no coração. JG



« VOLTAR

Deixe seu comentário