CLASS

 


   
  Esqueci minha senha | Ainda não sou assinante    

CLASS/PANORAMA DIGITAL

IMPRESSÃO 3D DE CÓRNEAS PODERÁ SALVAR 15 MILHÕES DE PESSOAS DA CEGUEIRA

Estas impressoras podem fazer mais do que bonequi­nhos e objetos em plástico. Sua contribuição para a medicina já era conhecida pela fabricação mais fácil de próteses. Mas, esta descoberta pode ser o início de algo maior: a cura da cegueira. Cientistas da Uni­versidade de Newcastle, no Reino Unido, imprimiram em 3D as primeiras córneas humanas. A novidade foi anunciada no site da universidade no último dia 30.
A equipe misturou células-tronco de uma córnea do­adora saudável com alginato e colágeno para criar uma “biotinta”. Ao examinar os olhos de um paciente, o grupo poderia usar os dados para imprimir rapida­mente uma córnea que correspondesse ao tamanho e ao formato do rosto dele.
Usando uma bioimpressora 3D – ”prima” da impres­sora 3D que lida com materiais biodegradáveis e or­gânicos – de baixo custo, a biotinta foi modelada em círculos concêntricos para formar uma córnea huma­na em menos de dez minutos. O passo seguinte foi estimular as células-tronco para crescerem.
“Nosso gel exclusivo mantém as células­-tronco vivas enquanto produz um mate­rial que é rígido o suficiente para manter sua forma, mas macio o suficiente para ser espremido pelo bocal de uma im­pressora 3D”, diz Che Connon, professor de Engenharia de Tecidos na Universida­de de Newcastle, que liderou o trabalho.

 



« VOLTAR

Deixe seu comentário