CLASS

 


   
  Esqueci minha senha | Ainda não sou assinante    

CLASS/MATéRIA

FEIJOADAÇA 2018

Nos dias atuais, fazer even­tos requer prestígio, credibilidade e muita coragem. Só quem faz uma festa sabe o quanto é difícil administrar todos os requisitos para de­pois colher o reconhecimen­to e o selo de SUCESSO.
Sem falsa modéstia, todo mundo sabe, e até alguns inimigos já admitiram por aí, que a FEIJOADA CLASS é o mais esperado e disputa­do evento da high capixaba. Afinal, quem hoje faz um evento e vê os convites es­gotarem com uma semana de antecedência? Ninguém!
Então, a nossa preocupação maior é a cada ano oferecer o melhor, receber com carinho os que vão pela primeira vez e reverenciar ainda mais os que nunca fal­taram. São 26 anos de um evento que nos deixa alegre diante de comentários assim: “Ah, você tinha que fazer duas por ano!” Ou ainda: “Essa foi a melhor de to­das!”
Claro que ocorrem falhas e sempre pode sair alguém insatisfeito com alguma coisa, mas o índice é minúsculo, quase invisível. Não para nós, que brigamos pela perfeição, mas sabemos que isso é impossível. A unanimidade é burra e são nos pequenos erros que aperfeiçoamos e tentamos fazer cada vez melhor.
AL MARE – Adoro buscar inspiração em temas. Isso faz com que a criatividade flo­resça, que surjam cenários diferencia­dos e que tudo seja mais interessante. Quando sentei com o mago CÁSSIO DOMINGUES e falei da ideia, ele já em­barcou na canoa, adentrou “al mare” e começou a navegar. Daí, com as próprias mãos, levou sacos e mais sacos de conchas e búzios colhidos nas praias. Depois, entrou no fas­cinante mundo das ilhas e praias mais lindas do mundo. Viu as Maldivas, o Caribe, Angra dos Reis e foi definindo detalhes.
O que não poderia faltar: coco verde, maduro, os coquinhos de beira de praia, milho verde, bananinhas etc. E o resultado foi esplendoroso, talvez os arranjos do gênero mais bonitos que suas sacrossantas mãos já assinaram. E, para complementar, flores sil­vestres em profusão, folhagens de coqueiros de todas as espécies.
Mas, havia ainda detalhes de gros­sas cordas de uso naval, às vezes apenas em detalhes, ou sustentan­do gigantes arranjos com conchas, pérolas, estrelas do mar, flores e espigas de milho. Tudo isso só para dar uma noção, porque as fotos podem revelar com mais precisão o que foi o trabalho. Simplesmente ESPETACULAR!!!
O BUFFET – O Clube Ítalo Brasileiro, em seu salão redondo, cenário da FEI­JOADAÇA CLASS pela segunda vez, também mais uma vez teve o trabalho do MS Buffet, da nossa amiga Sandra Dalla Bernardina e sua equipe, que há mais de uma década nos atende na Feijoada, mesmo quando o evento não é em seu espaço. Sentimos segu­rança, porque ela também se esmera e a cada ano cria algo novo para oferecer aos convidados.
Este ano, como sabemos que algumas pessoas não comem feijoa­da, mas vão para nos prestigiar, não achamos justo que ficassem sem almoçar. Daí o buffet ganhou três tipos de salada, sendo uma de bacalhau, Galinha ao Molho Pardo e Arroz de Carreteiro. Sem falar na mesa de doces caseiros, que nesta edição teve como mais comentada a PALHA ITALIANA. Além da tradicional acarajé, sem­pre presente no evento. Tudo isso, meus caros, com aquela coisa chamada FARTURA, marca registrada dos eventos CLASS.
SAMBA, SUOR E ALEGRIA – Quando a bateria nota 10 da Escola de Samba NOVO IMPÉRIO adentrou os salões, a tem­peratura aumentou a ponto do ar condicio­nado não dar conta. É aquela hora que adoro ver as pessoas, até mesmo consideradas contidas, caírem no samba e deixarem a vida levar a um momento especial onde o que im­porta mesmo é ser feliz.
Ali, me emociono vendo crianças de apenas 2 anos e senhoras de 80 anos de sorriso nos lábios desfrutando de algo que hoje fica cada vez mais difícil: a alegria de viver. Isso não tem preço!
PRÊMIOS – Como em todos os anos, foram sorteados vários brindes, o que dá um clima de des­contração à festa. E foram sorteados entre os nossos convidados brindes de Ana Paula Castro, Sheila Silva, Dedé Biancucci, Pretinho Ferreira, Perpétua Boutique, Fernan­da Julião Decorações, La Persona (Beatriz Croce), Libanesa Tecidos, Libanesa Homem e o prêmio maior, que foi oferecido pela re­vista CLASS, uma passagem de ida e volta para Buenos Aires, que teve como ganha­dora a querida Aparecida Neves.
Já na premiação da camiseta mais bonita, escolhida por um júri de oito pessoas, saiu campeão LEONARDO BIANCUCCI. Um trabalho de Leonardo Bremenkamp, que anos atrás também já ganhou o prêmio.
AGRADECIMENTOS – Ninguém consegue fazer nada sozinho, assim nunca é demais agradecer aos que vestem a camisa e vão até o final com a proposta de nos atender da melhor maneira possível. É uma questão de educação e profissionalismo. Não é paga­mento de benesses. A nossa parceria é paga. Portanto, de uma vez por todas fica claro. Vamos lá: Mônica e Cássio Domingues, na decoração; Everton Giuriato do Clube Ítalo Brasileiro; Átila Te­les, da Empório A Eventos; One (DJ Jefinho); Raimundo Oliveira, que agencia sempre as escolas de samba e este ano levou a Novo Império; MS Buffet (San­dra Dalla Bernardina), o fotógrafo Arnaldo Peruzo e sua equipe, Octavio Bastos e equipe, que fizeram a Foto ao Vivo NoRock, Grupo Lider, Heach, Arcelor e a todos que marcaram presença nos garantindo mais uma vez a possibilidade de realizar um evento de tamanha grandeza. E em especial à minha filha, Terriely, e Eliza que seguram a barra e suportam as minhas “doces loucuras”.



« VOLTAR

Deixe seu comentário