CLASS

 


   
  Esqueci minha senha | Ainda não sou assinante    

CLASS/MATéRIA

CASABERTA

“No período que hoje se inicia, queremos ser uma CasAberta. Uma casa que receba cari­nhosamente o novo, que seja mais flexível e que a cada dia possa compartilhar as boas experiências. Queremos ser como um templo que permita evolução espiritual e que faça o coração pulsar mais pelas boas causas. Que­remos ser uma casa bonita, arrumada e que sempre esteja pronta para acolher bem os que a visitarem. Uma casa que seja palco de no­vos desafios e que incentive a aproximação das boas ideias. Que possa oferecer as ferra­mentas certas para todos que desejam ajudar em sua construção. Uma casa que receba as pedras como matéria-prima para a lapidação. Que derrube muros e se aproxime mais da na­tureza. Que tenha um belo jardim, com terreno fértil onde sempre floresçam as mais viçosas plantas. Queremos ser uma casa de portas abertas para festejar as conquistas que virão. E se você se sentir bem nessa casa, não faça cerimônia. Basta chegar e trazer seus bons fluídos.”
Esse texto, assinado pelo chef Gustavo Cor­rêa, traduz da maneira mais simples e obje­tiva o que a família CORRÊA pretende com a inovação que trouxe ao conhecimento da so­ciedade capixaba, dias atrás, transformando o Itamaraty Hall agora no CasAberta e Itamaraty Gastronomia - o primeiro, num espaço onde qualquer profissional pode trabalhar me­diante uma locação, e, o segundo, quando a opção for pelo qualificado serviço da casa.
Na noite, onde um talk show permitiu que Pe­nha Lima Corrêa contasse e se emocionasse revivendo a trajetória dos quase 36 anos de atividades, também foi anunciado pelo chef Gustavo Corrêa que a casa passará a ter car­dápios diferenciados constantemente. Disse ainda que muita gente achou a ideia um tanto louca. Ele concordou, mas acrescentou: “Nós confiamos no que fazemos! E nada mais pre­cisa ser dito.”



« VOLTAR

Deixe seu comentário